Conab vai enviar 708 t de alimentos a SC até o fim de semana

Volume equivale a 32.540 cestas básicas; transporte tem a participação de toda a sociedade

Fabíola Salvador, de O Estado de S. Paulo,

27 de novembro de 2008 | 18h31

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) informou nesta quinta-feira, 27, que a entrega de alimentos para Santa Catarina vai totalizar 708 toneladas até o final desta semana. O volume equivale a 32.540 cestas básicas, mais 54 toneladas de feijão e 42 mil litros de leite tipo "longa vida" para ajuda aos desabrigados pelas enchentes no estado de Santa Catarina. O transporte é feito pela Defesa Civil e tem a participação de toda a sociedade, além de agentes governamentais e prefeituras municipais do estado.    Veja também: Saiba como ajudar as vítimas da chuva Empresária pára fábrica e dá gerador a hospital Mais de 60 mil casas continuam sem luz Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas      Até agora, já foram distribuídas 288,4 toneladas de alimentos, volume distribuído em 12.540 cestas básicas, sendo 5.000 da Superintendência Regional da Conab em Santa Catarina e outras 7.540 enviadas pelo Rio Grande do Sul. Outras 420 toneladas de alimentos armazenados na unidade da estatal em Herval do Oeste estão sendo transferidas para o município de São José, onde serão montadas mais 20 mil cestas para distribuição até o próximo domingo (30). A elaboração dessas cestas conta com apoio do Exército, de agentes penitenciários e forças da Academia de Polícia Militar.   Em nota, a Conab informou ainda já enviou 54 toneladas de feijão do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), divididas em dois lotes iguais de 27 toneladas, para Itajaí e Blumenau. Também, por meio do PAA, a Conab vai enviar às vítimas 42 mil litros de leite longa vida. A estatal explica que o leite foi incluído excepcionalmente nestas doações, face à falta de água potável para consumo, necessária à diluição do leite em pó.   As cestas são compostas de arroz, feijão, leite, macarrão, farinha de trigo, açúcar, farinha de mandioca e óleo de soja. As doações também contam com recursos financeiros da Defesa Civil do Governo Federal. As informações são da assessoria de imprensa da Conab.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.