Concessionária desiste de aumentar pedágio em 57%

Depois de um telefonema do secretário de Transportes do Estado, Dário Reis Lopes, no fim da tarde desta terça-feira, a concessionária Viaoeste desistiu de aumentar em 57% a tarifa do pedágio localizado na Rodovia Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho), em Sorocaba. O reajuste, que elevaria a atual tarifa de R$ 2,80 para R$ 4,40, será, agora, do percentual autorizado para as rodovias administradas pela iniciativa privada no Estado, de 6,35%. Com isso, a tarifa ficará em R$ 3,00.A concessionária alegava que o aumento diferenciado decorria da incorporaçao de uma nova rodovia, a Celso Charuri, à Castelinho, aumentando a quilometragem e os serviços de manutenção. A tarifa de R$ 4,40 havia sido publicada no Diário Oficial e vigoraria a partir do dia 1º de janeiro. O secretário convenceu o presidente da empresa, Inaro Fontan Pereira, a não realizar a cobrança do reajuste que já havia sido autorizado pela Agencia Reguladora dos Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). O principal argumento foi de que o Estado desistira de aumentar os pedágios das rodovias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e pela estatal Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.