Concurso de modelos tumultua bairro de SP e vira happening

Uma multidão de candidatas a modelo congestionou o trânsito no final da manhã de hoje nos Jardins, Zona Sul de São Paulo. Cerca de 3 mil moças, de idades variando de 12 a 25 anos, muitas delas acompanhadas por mães e parentes, se aglomeraram diante da Agência Mega Models, na Rua Tajuras, perto da Avenida Cidade Jardim. A agência vai escolher dez modelos de São Paulo para uma campanha das Lojas Riachuelo; no Estado, 30 mil moças se inscreveram, enviando fotos. Três mil delas foram chamadas para comparecer à agência hoje. A Polícia Militar e a Companhia de Engenharia de Trânsito não foram comunicadas pela agência de que haveria essa multidão. O policiamento de trânsito começou a chegar ao local por volta das 8h30, quando o tumulto já estava formado. Tentaram organizar uma fila, que se estendeu por ruas próximas. O trânsito começou a sofrer reflexos, que chegaram à Ponte Cidade Jardim e um trecho da Marginal do Rio Pinheiros. Para desviar o trânsito, uma alça da Marginal foi fechada. Houve muita reclamação. As moças e suas mães queixavam-se da demora, do sol forte, e do fato de que os funcionários da agência encarregados da seleção mal olhavam para as candidatas - elas entravam na sala onde seriam selecionadas em pequenos grupos. No meio da confusão, uma das candidatas transformou o incidente em um happening. Denise Mara, de 20 anos, tirou a roupa no meio da rua, para espanto e delírio dos curiosos que se aglomeravam por ali.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.