Condenado por matar rival de ex-estagiária

Aislan do Nascimento, de 26 anos, foi condenado ontem a 26 anos de reclusão por matar a industriaria Mônica de Almeida e ferir sua colega Renata Borelli, em 2005. O crime foi encomendado pela ex-estagiária Carolina Farias, condenada a 30 anos em 2007, que pretendia livrar-se das rivais para ser contratada na empresa do antigo amante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.