Confira o que abre e o que fecha na capital no dia do jogo do Brasil

Às 16 horas, quando a bola começar a rolar para Brasil e França, a grande maioria das lojas dos shoppings estará fechada, assim como as repartições púbicas, supermercados - até farmácias - tudo fecha para ver a seleção jogar.No caso dos shoppings, as lojas devem baixar as portas uma hora antes do jogo, reabrindo na hora seguinte ao final da partida. Mas quem quiser ir às compras amanhã fica a dica da rua 25 de março onde mais de 400 mil pessoas devem passar antes do início do jogo.Repartições PúblicasDe acordo com o Decreto n.º 47.265, assinado pelo prefeito Gilberto Kassab, no sábado, o expediente nas repartições públicas municipais poderá se interrompido às 14 horas.EducaçãoNos CEUs, os equipamentos de atendimento à população nos finais de semana funcionam normalmente.SaúdeHospitais, prontos-socorros e Postos de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) funcionam normalmente, em esquema de plantão. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que funcionam de 2ª a 6ª, permanecem fechadas.AbastecimentoA maioria dos mercados municipais fecham pouco antes do início da partida. Apenas o Central Leste, o Kinjo Yamato, o Pirituba e o Mercadão vão funcionar normalmente, até às 19 horas. O Mercadão vai manter seus quatro telões para quem quiser assistir à partida no local.SubprefeiturasAs praças de atendimento das 31 subprefeituras fecham às 11 e reabrem às 15 horas.TransporteO Metrô terá reforço e vai operar com 60 trens em suas quatro linhas antes da partida. A CPTM vai operar amanhã com frota normal, mas deixará trens de prontidão nas seis linhas do sistema para atender aos passageiros caso haja aumento na demanda antes e depois do jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.