AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Confirmado novo caso de malária no Estado do Rio

O Hospital de Clínicas de Niterói confirmou ontem um caso de malária de um paciente que mora no município de Santa Maria Madalena, norte do Estado do Rio. Um aposentado de 56 anos foi contaminado com a doença e está internado há mais uma semana no hospital, sofrendo de insuficiência respiratória.A malária foi confirmada pelos exames do hospital e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio. O aposentado tem o Plasmodium vivax (a espécie do plasmódio mais comum no Brasil), mas os médicos ainda não sabem como ele foi infectado. A hipótese mais provável é que ele tenha sido picado pelo mosquito Anopheles - transmissor do plasmódio- no próprio município onde mora porque, segundo a família, ele não tinha feito nenhuma viagem. "Aparentemente esse caso é autóctone (contraído no local) porque o aposentado não havia saído do município onde mora", explicou o médico Charles Souleyman, diretor do Hospital de Clínicas de Niterói. Segundo o médico, não há registro de nenhuma outra suspeita da doença. A confirmação de malária contraída pelo aposentado foi comunicada à Secretaria de Saúde do Estado, que vai investigar se há outros casos no município e ainda apurar se o mosquito Anopheles também pode ser encontrado na região. No mês passado, o andarilho argentino Frederico Warman, contaminado com malária, disseminou a doença no município de Parati, sul do Estado. Como a região tem o mosquito, outras cinco pessoas foram contaminadas na praia do Sono, local onde o andarilho acampava. A vigilância isolou a praia e não houve novos casos em Parati.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.