Conflito entre sem-terra e PM fere 16 em Uruama

Dezesseis sem-terra ficaram feridos e um está preso depois de um conflito, ocorrido na madrugada de hoje na cidade de Uruama, em Minas Gerais, na mesma região da fazenda do presidente Fernando Henrique Cardoso, em Buritis, durante uma vigília do Movimento dos Sem Terra (MST), em frente a fazenda do embaixador do Brasil na Itália, Flecha de Lima. Segundo o coordenador do MST no Distrito Federal, Valmir Camilo, os manifestantes pretendiam fazer apenas uma vigília em frente a propriedade quando a Polícia Militar chegou ao local e houve confronto.Segundo informações do local, os feridos foram levados para a cidade de Arinos, próximo ao local do conflito. Camilo alertou que o clima na região é tenso "e poderá ter desdobramentos imprevisíveis se a PM insistir em retirar os manifestantes na marra".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.