Confronto com suspeitos de tráfico deixa 7 mortos em Salvador

Polícia participou de tiroteios no Rio Vermelho e em Nordeste de Amaralina; foram encontradas armas e drogas

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

30 Julho 2009 | 07h41

Sete suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas foram mortos nesta quarta-feira, 29, em confrontos com policiais militares e civis nos bairros de Rio Vermelho e Nordeste de Amaralina, em Salvador (BA).

 

No primeiro embate, na Travessa Vinte de Junho, um grupo de sete homens armados, segundo a PM, ao ser abordado, abriu fogo contra uma viatura da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). Policiais de outros grupamentos foram chamados e o tiroteio causou a morte de quatro suspeitos. Os outros três conseguiram escapar.

 

O tenente Bruno Pimentel foi baleado nas pernas, mas liberado após ser atendido no Hospital Geral do Estado (HGE). Com os suspeitos, ainda não identificados, foram encontradas uma submetralhadora, duas pistolas, dois revólveres e 10 quilos de cocaína, além de crack e maconha.

 

Uma hora depois, policiais civis da 7ª Delegacia, do Rio Vermelho, trocaram tiros com seis suspeitos na Avenida Vasco da Gama, próximo ao Condomínio Santa Madalena, após chegarem ao local atendendo a uma denúncia anônima.

 

No tiroteio, três suspeitos morreram, entre eles, Antônio Carlos Santos Oliveira, de 22 anos, o único identificado até agora. Com eles, os policiais encontraram duas balanças de precisão, dois revólveres, munições de fuzil, três pistolas, cocaína, maconha e dois celulares.

Mais conteúdo sobre:
crime Salvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.