Confronto de guardas e camelôs deixa feridos no RJ

Pelo menos três pessoas ficaram feridas durante confronto entre vendedores ambulantes e guardas municipais, na Rua Sete de Setembro, centro do Rio. A confusão começou quando cinco guardas municipais iniciavam uma operação de retirada de ambulantes, por volta do meio-dia. Os guardas teriam sido recebidos a pedradas por um grupo de vinte ambulantes que, segundo a versão oficial, utilizaram pedras portuguesas arrancadas do chão.Com a chegada de reforço da Guarda Municipal, com mais 15 homens, o tumulto aumentou. Lojas tiveram suas portas fechadas para evitar prejuízos. Um auxiliar de escritório que não quis se identificar levou uma pedrada no braço e um guarda municipal perdeu dois dentes, atingido por uma pedrada na boca. Mais dez homens da GM chegaram, e um guarda foi atingido no joelho. Os três feridos foram levados para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro, e liberados no fim da tarde. Dois camelôs foram levados para a 5.ª Delegacia de Polícia, no centro, mas até o fim da tarde não haviam prestado depoimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.