Congestionamento continua; rodízio será mantido nesta terça

A forte chuva que caiu na cidade de São Paulo na madrugada e na manhã desta segunda-feira, 26, ainda causa alagamentos e pontos de congestionamento. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 13h30 foram registrados 56 quilômetros de trânsito carregado nas principais ruas e avenidas monitoradas pela empresa, bem acima da média para o horário, que é de 21 quilômetros. Amanhã, dia da partida entre Brasil e Gana pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo, o rodízio de veículos não será suspenso, ao contrário do que aconteceu nos jogos contra Croácia e Japão.Os motoristas encontram o pior trecho de lentidão na pista local da marginal do Tietê, sentido Castelo Branco. São cerca de sete quilômetros de congestionamento, entre a Ponte Aricanduva e a Rua da Coroa.De acordo com Centro de Gerenciamento de Emergências, há seis pontos alagados na cidade, todos transitáveis, nas avenidas Maria Coelho Aguiar e Professor Francisco Morato, na Marginal do Pinheiros, na altura da Ponte do Jaguaré, na Rua Maria Domitila, na Praça Gaúcha e na Rua da Figueira, junto à estação do metrô D. Pedro.Acompanhada de queda de temperatura e de ventos fortes, a tempestade desta manhã deixou o céu da capital escuro, por volta das 8h30.Segundo a CET, às 9h30 foram registrados 123 quilômetros de lentidão, bem acima da média para o período, que é de 81 quilômetros. RodízioO rodízio municipal de veículos não vai ser suspenso amanhã, dia de jogo do Brasil pela Copa do Mundo, segundo confirmação da CET, às 13h30, portanto, os veículos com placas final 3 e 4 não poderão circular no Centro expandido da cidade, a região compreendida entre as Marginais do Tietê, do Pinheiros, Avenida Bandeirantes, Túnel Maria Maluf, e Avenidas Tancredo Neves, das Juntas Provisórias, Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.