Congonhas inicia operações de terça-feira com atrasos

A terça-feira promete ser também de muitas dificuldades para os passageiros no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo. Apesar de muitas pessoas que tinham horários de vôos entre 6 e 6h30 já estarem na sala de embarque, os painéis da Infraero registravam um total de 36 vôos com horários ainda a serem confirmados. Destes, 16 são partidas e 20 são chegadas, segundo informações da Rádio CBN.Havia pelo menos dois vôos atrasados. Um deles era um vôo vindo de João Pessoa (PB) que deveria chegar em Congonhas às 6h30, mas deveria aterrissar somente às 9 horas. Outro pouso, originário de Macapá (AP), deveria ocorrer às 8h30, mas a previsão passou a ser para às 10 horas. O movimento em Congonhas às 6h30 desta manhã era muito intenso, mas pouco acima do normal. O clima entre os passageiros e funcionários das empresas aéreas ainda era bom.Na segunda-feira, 19, 30% de todos os vôos do País sofreram atrasos, muitos deles de no mínimo uma hora, resultado de um efeito dominó gerado pelo desligamento do sistema de controle de tráfego aéreo do Cindacta-1, em Brasília, ocorrido na manhã do último domingo, 18. Na segunda, o brigadeiro José Carlos Pereira, presidente da Infraero, não foi otimista ao falar sobre o que pode ocorrer daqui para frente e disse que estaria mentindo se afirmasse que nos próximos 15 dias nenhum apagão como o ocorrido no domingo em Brasília não possa voltar a acontecer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.