Conselho ligado à sigla afasta Sirkis da presidência

Um dos principais aliados da ex-senadora Marina Silva dentro do PV, o deputado Alfredo Sirkis (RJ) foi afastado da presidência do Conselho Curador Verde Herbert Daniel, instituição que busca formar novos quadros para a sigla. Decidido de modo unânime pelos nove integrantes do órgão, em maio, o afastamento foi interpretado por aliados de Marina como retaliação do grupo do deputado José Luiz Penna (SP).

Sergio Torres, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2011 | 00h00

Sirkis, que presidia o conselho havia quatro anos, evitou vincular o episódio à disputa interna. "É bom ter rodízio. Tenho que dar exemplo. No PV, ninguém deveria ficar mais de dois anos em função diretiva", afirmou Sirkis. Vinculado ao grupo de Penna e membro do conselho, o ex-prefeito de Guarulhos (SP) Jovino Cândido considera a substituição de Sirkis "uma coisa natural, até para preservá-lo". "Seria incoerência da parte dele querer ficar no cargo, já que fala tanto em rodízio."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.