Conselho manda cassar aposentadoria

MINISTÉRIO PÚBLICO

, O Estado de S.Paulo

02 Novembro 2010 | 00h00

O Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público, em votação unânime, determinou à Procuradoria Geral de Justiça do Amazonas propositura de ação para cassação de aposentadoria e perda de cargo do ex-procurador-geral Vicente Cruz. Em novembro e dezembro de 2005, Cruz autorizou o pagamento de auxílios alimentação em dobro e em triplo aos membros e servidores do Ministério Público, a título de gratificação natalina. Os pagamentos irregulares totalizaram R$ 1,48 milhão. Para a relatora, Maria Ester, houve ofensa ao princípio da moralidade e pode caracterizar improbidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.