Convênio informatizará aprovação de obras em SP

A Prefeitura de São Paulo assinará, amanhã, convênio com seis entidades do setor imobiliário para implantação do projeto Plantas On-line. O objetivo é reduzir o tempo de aprovação de empreendimentos, por meio da informatização do processo.As entidades formarão um consórcio para captar recursos para aquisição de equipamentos de informática e softwares. Também participarão do desenvolvimento de ferramentas para disponibilizar na Internet todas as informações necessárias à tramitação dos projetos. Treinamento dos servidores municipais, publicação de material de apoio e contratação de consultoria especializada também integram a iniciativa.Além da prefeita Marta Suplicy, representarão o governo municipal os secretários Paulo Teixeira (Habitação), Stela Goldenstein (Verde e Meio Ambiente), Valdemir Garreta (Comunicação e Informação Social), e a diretora do Aprov (órgão responsável pelas aprovações de plantas), Paula Motta Lara. Pela iniciativa privada, assinarão o documento o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado (Sinduscon-SP), Instituto de Engenharia do Estado (IE), Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-Seção São Paulo), Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (Asbea), e o Consórcio São Paulo Minha Cidade.A assinatura acontece às 10h, no Salão Azul do Palácio das Indústrias. A demora na aprovação de projetos imobiliários é apontada pelos empresários como um dos maiores entraves à expansão do setor. Segundo alguns, certos projetos demoram anos para serem aprovados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.