Cooperativa de ônibus entra no 4º dia de greve em SP

Motoristas e cobradores da Viação Cooper-Poli, que atende a parte da zona Leste da cidade de São Paulo, entraram no 4º dia consecutivo de greve. Os 350 funcionários da empresa, terceirizados, que pertence ao sistema bairro-a-bairro, protestam contra baixos salários e precárias condições de trabalho. A Viação Cooper-Poli possui 78 ônibus, distribuídos em nove linhas, entre elas: Jardim Santo André/Metrô Itaquera, Vila Nova Iorque/Metrô Belém e Boa Esperança/São Mateus. Como a empresa não está incluída nos lotes do sistema oficial, a São Paulo Transportes (SPTrans) não cobre as linhas com a Operação Paese e os passageiros têm de procurar outro meio de transporte, como as peruas de lotação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.