Cooperativa recolhe lote de leite no RS com produto de limpeza

Investigação foi feita a pedido de consumidor, que disse ter bebido produto com gosto ruim, sem, no entanto, apresentar sintomas

O Estado de S. Paulo

07 de novembro de 2014 | 17h20

PORTO ALEGRE - Por solicitação do Ministério da Agricultura, a Cooperativa dos Suinocultores de Encantado Ltda (Cosuel) vai recolher um lote já distribuído ao mercado de 6 mil litros de leite UHT semidesnatado da marca Dália. O produto foi colocado sob suspeita de conter hipoclorito de sódio, substância usado na limpeza dos equipamentos industriais. 

A investigação foi feita a pedido de um consumidor de Santa Maria, que relatou à vigilância sanitária ter consumido leite com gosto ruim, sem, no entanto, apresentar sintomas. Uma amostra coletada da mesma caixa constatou a presença do produto. 

O caso não está sendo tratado pelas autoridades sanitárias como os de contaminação fraudulenta de leite descobertos desde maio do ano passado no Estado, mas como possível falha na limpeza da tubulação por onde passa o leite até chegar ao envase. 

A cooperativa emitiu nota na qual informa que faz 22 análises de cada lote que processa e sustenta que todas as amostras recolhidas dos volumes em questão, embalados em 14 de agosto e com validade até 14 de dezembro, apresentaram resultado normal. Mesmo assim, reitera que seguirá a orientação do Ministério da Agricultura.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio Grande do Sulleite contaminado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.