Coordenador do MST é encontrado morto

O coordenador da Executiva Estadual do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) no Mato Grosso do Sul, Valdecir Padilha, de 31 anos, foi encontrado morto em uma estrada vicinal próxima à Fazenda Tamakavi, nas imediações do assentamento "Chico Mendes", no município de Itaquiraí, extremo sul do Estado, na divisa com o Paraguai.Seu corpo foi encontrado neste sábado, por volta de 9h30min, com quatro perfurações de bala de revólver, provavelmente calibre 38. Padilha levou um tiro no pescoço e três no peito.A Polícia Militar de Naviraí, cidade vizinha a Itaquiraí, começou a investigar o caso. Os policiais notaram que no local haviam marcas de pneus de motocicleta, pedaços de farol e espelho retrovisor.O material foi recolhido e será periciado por técnicos da Secretaria Estadual de Segurança Pública.Existem suspeitas de que o assassinato tenha ligação com as invasões de fazenda na região, conforme acreditam os coordenadores do movimento no Mato Grosso do Sul.A vítima estava cumprindo pena, por determinação judicial, prestando serviços comunitários no hospital de Itaquiraí, por ter liderado várias invasões de fazendas naquela região e também em outros locais do MS.O sepultamento está marcado para este domingo de manhã. Foi instaurado inquérito para apurar o crime.

Agencia Estado,

16 de junho de 2001 | 17h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.