Corpo de boxeador é encontrado em flat

O boxeador canadense Arturo Gatti, de 37 anos, foi encontrado morto, de cuecas, no quarto de um flat, em Porto de Galinhas (PE), por volta das 6 horas de ontem. Campeão mundial do super leve, pelo Conselho Internacional de Boxe, em 2004, chegou à cidade na sexta com a mulher e o filho de 1 ano. A polícia investiga o suposto homicídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.