AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Corpo de brasileiro morto nos Estados Unidos chega ao País

O corpo de Isaías Expedito Pereira, de 40 anos, que morreu em Revere, cidade próxima a Boston, nos Estados Unidos, no dia 8 de abril, chegou nesta quarta-feira, 10, ao Brasil e deve ser sepultado na tarde de quinta-feira, em Tapejara, a 520 quilômetros de Curitiba, no noroeste do Paraná. O pai de Isaías, Conrado Pereira, de 84 anos, tinha feito apelos por rádio e jornal para conseguir US$ 9 mil e trazer o corpo. Não conseguiu e precisou vender a única propriedade que tinha na cidade."Não sei se choro, rio ou canto", disse enquanto aguardava o translado que era feito de São Paulo por uma funerária. "É uma tristeza porque ele chega morto, mas há uma alegria porque ele ficará sepultado perto e a gente pode fazer uma visita, acender uma vela." Isaías vivia de forma clandestina nos Estados Unidos, onde entrou no início de 2005 pela fronteira com o México. Trabalhava como entregador noturno de pão.Um acidente automobilístico resultou em várias fraturas no pescoço e coluna em fevereiro de 2005. Com esperança de receber uma indenização, ele permaneceu nos Estados Unidos em tratamento. Mas, acabou morrendo no dia 8 de abril, reclamando de muitas dores. "Eu aconselho que ninguém vá aos Estados Unidos, um lugar que nem sei onde fica", disse o pai de Isaías, que deixa a mulher e um filho de seis anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.