Corpo de caldeireiro é resgatado de tanque no Rio

O Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros resgatou hoje o corpo do caldeireiro Jairo Félix, de 45 anos, morto ontem no petroleiro Libra Tanque Albacora, fundeado na Baía de Guanabara. Félix morreu ao despencar de uma altura de 45 metros. Ele estava no convés e caiu por um buraco aberto para reparos dentro do tanque de lastro do navio, cheio de água. No momento da queda, a profundidade do tanque, que serve para dar estabilidade à embarcação, era de 16 metros. O resgate envolveu oito bombeiros e durou das 11 horas às 17 horas. Cinco mergulhadores tiveram que descer até o tanque usando cordas. Estiveram no navio peritos da Polícia Federal e representantes da Capitania dos Portos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.