Corpo de Chorão será sepultado às 15h em Santos

Vocalista da banda Charlie Brown Jr. foi encontrado morto em seu apartamento; velório do músico em ginásio de Santos reúne centenas de fãs e ficará aberto até as 13h

Zuleide Barros, O Estado de S. Paulo

07 Março 2013 | 09h46

Atualizado às 14h15

SANTOS - O corpo de Alexandre Magno Abrão, o Chorão, da banda Charlie Brown Jr., encontrado morto em seu apartamento na madrugada dessa quarta-feira,6, será sepultado às 15h desta quinta em Santos, no litoral paulista. A informação é da assessoria de imprensa da prefeitura da cidade. O funeral vai ser fechado e será realizado no salão nobre do cemitério vertical Memorial Necrópole Ecumênica, no bairro de Marapé.

O velório, iniciado na noite de quarta-feira no ginásio Arena Santos, será aberto ao público até as 13h, segundo a assessoria de imprensa do artista. A partir desse horário, passa a ficar restrito a familiares e amigos. Às 14h, o corpo partiu em cortejo para o cemitério, em uma limusine - ele seria transportado em um carro do Corpo de Bombeiros, mas o veículo não foi providenciado a tempo. A carreata deve ir em direção ao Chorão Skate Park, uma pista de skate construída pelo cantor na Vila Mathias, passando pela frente do estádio do Santos, na Vila Belmiro.

Não se sabe se a mãe de Chorão, de 80 anos, estará presente no sepultamento. Ela foi avisada da morte do filho somente na noite de quarta. De acordo com amigos, ela foi poupada da notícia porque teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) recentemente, e ainda se encontra em recuperação.

Velório. Foram horas de espera sob chuva e vento, mas os fãs não arredaram pé da frente do ginásio de esportes Arena Santos, na Vila Mathias, onde o corpo de Chorão chegou por volta das 22h de quarta. A limusine entrou no ginásio sob aplausos e gritos de "Chorão". Nas primeiras duas horas, só a família e amigos mais próximos puderam chegar perto do caixão, que foi coberto com as bandeiras do Brasil e do Santos Futebol Clube, time de coração do vocalista.

O skatista Sandro Dias, o Mineirinho, hexacampeão mundial e medalha de ouro do X-Games em 2006, foi um dos primeiros amigos a chegar ao velório. Também estiveram presentes os companheiros da Charlie Brown Jr. e os integrantes da banda de rock NX Zero.

Antes mesmo de o corpo chegar a Santos, dezenas de coroas de flores já haviam sido levadas ao Arena Santos, o maior ginásio de esportes da cidade, com capacidade para 5 mil pessoas. Rita Lee, Luciano Huck e Angélica foram alguns dos artistas que fizeram questão de dar adeus a Chorão com flores. Em toda a cidade, o clima era de consternação e saudade do ídolo que, por todos os lugares onde ia fazer show, Brasil afora, não se esquecia de falar de Santos, para onde se mudou em 1987, aos 17 anos, e do Santos FC. COLABOROU BRENO PIRES, O ESTADO DE S. PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.