Corpo de diretor do SBT morto em acidente da TAM é velado

João Roberto Brito estava no avião que fazia o vôo 3054 com o colega de trabalho José Luiz Souto Pinto

Sandra Hahn, do Estadão,

21 Julho 2007 | 15h32

O corpo de João Roberto Brito, de 45 anos, uma das vítimas do vôo 3054, era velado na tarde deste sábado, 21, no Solar dos Câmara, prédio anexo à Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Brito era diretor regional do SBT e morreu no acidente com o Airbus da TAM, que se chocou, no começo da noite de terça-feira, 17, com um prédio da empresa, no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.   Lista de vítimas do acidente do vôo 3054  O local do acidente  Quem são as vítimas do vôo 3054  Histórias das vítimas do acidente da TAM  Galeria de fotos  Opine: o que deve ser feito com Congonhas?  Cronologia da crise aérea  Acidentes em Congonhas  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054     No hall de entrada do prédio, um banner reproduzia a foto de Brito e parte de um texto que foi lido no noticiário local para informar a morte dos dois funcionários da emissora que estavam no vôo - viajava junto o gerente comercial do SBT, José Luiz Souto Pinto, de 53 anos.   "Tenho duas filhas e me preocupo com o que vou deixar para elas", diz o texto, que ilustra a forma habitual de Brito começar apresentações. Brito trabalhava no SBT havia três anos. Ele e José Luis encontrariam outro colega em São Paulo para uma reunião com um cliente.   Brito era casado com Ana Paula e tinha duas filhas, gêmeas, Maria Paula e Ana Vitória. O enterro seria realizado às 20h30 no Cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre.

Mais conteúdo sobre:
vôo 3054 mortos no vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.