Corpo de Dutra Pinto passará por nova necrópsia

O secretário de Estado de Direitos Humanos do Ministério da Justiça, Paulo Sérgio Pinheiro, informou que o corpo do seqüestrador Fernando Dutra Pinto passará por uma nova necrópsia, desta vez feita por legistas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Marco Vinício Petrelluzzi, comunicou ao secretário de Direitos Humanos, em conversa por telefone, que a organização não-governamental Teotônio Vilela, fundada em 1983, acompanhará as apurações sobre a morte do seqüestrador. Essa organização irá elaborar um novo relatório. Segundo Paulo Sérgio Pinheiro, a decisão de fazer uma nova necrópsia é normal, e não representa nenhuma dúvida quanto à integridade do Instituto Médico Legal paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.