Corpo de ex-prefeito de Nova Friburgo é achado soterrado em sítio

No mesmo local, esposa de Paulo Azevedo, caseiro e familiares haviam sido resgatados vivos

Estadão.com.br

17 de janeiro de 2011 | 19h14

NOVA FRIBURGO - O corpo do ex-prefeito de Nova Friburgo, Paulo Azevedo, de 72 anos foi encontrado na manhã desta segunda-feira, 17, pelas equipes de resgate que estão atuando na região serrana do Rio de Janeiro.

 

Veja também:

linkBrasil deve ter sistema de alerta contra desastres em 4 anos

linkGoverno deve anunciar novas normas para ocupação

linkDescoordenação prejudica ajuda no Rio

linkGoverno admite à ONU despreparo em tragédias

lista Veja como fazer doações para moradores do Rio

blog Gabeira: Notas para depois da emergência

mais imagens GALERIA - Grandes imagens da tragédia

mais imagens GALERIA 2 - Imagens de destruição e desespero

 

O corpo foi resgatado no sítio em que vivia o prefeito, localizado na estrada que liga o município a Teresópolis. No mesmo sítio, já haviam sido resgatados com vida sua esposa, o caseiro e familiares. Mas o corpo do filho de Azevedo continua desaparecido.

 

Advogado, Paulo Azevedo exerceu o cargo de prefeito do município de Nova Friburgo nos períodos de 1989 a 1992 e de 1997 a 2000. Filho de operários da Fábrica de Rendas Arp, sediada na cidade, "Paulinho", como era conhecido, começou na política como secretário Geral de governo na administração do falecido ex-prefeito de Nova Friburgo e ex-deputado federal, o médico Amâncio Mário de Azevedo, seu tio.

 

Além de secretário geral da Prefeitura de Nova Friburgo e prefeito da cidade, Azevedo foi presidente da comissão Especial de Construção do novo Sistema de Abastecimento de Água de Nova Friburgo; assessor jurídico da Comissão de Direitos Humanos e presidente do diretório do PMDB de Nova Friburgo.

 

Dezenas de moradores de Friburgo acompanharam o enterro do ex-prefeito, que aconteceu no final da tarde no Cemitério São João Batista.

Mais conteúdo sobre:
chuvasRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.