Corpo de jornalista é cremado no Rio

O corpo do diretor-geral da Central Globode Jornalismo, Evandro Carlos de Andrade, está sendo cremadoneste momento no Cemitério São Francisco Xavier, na zonaportuária do Rio. Apenas parentes e amigos mais próximosparticiparam de curta cerimônia, presidida pelo padre HélioCrison, da Igreja da Divina Providência, no Jardim Botânico. Ojornalista sofria de policitemia vera, uma doença hematológica,e morreu na manhã de ontem, aos 69 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.