Corpo de menino de 7 anos é identificado por familiares em Mariana

Vinte pessoas permanecem desaparecidas - 11 funcionários da Samarco e 9 moradores da região

O Estado de S. Paulo

11 Novembro 2015 | 17h41

O corpo do menino Tiago Damasceno Santos, de 7 anos, vítima do rompimento das barragens em Mariana, Minas Gerais, foi identificado no fim da manhã desta quarta-feira, 11, pelos familiares, segundo informações do governo do Estado. 

O corpo está no Instituto Médico Legal de Mariana. Com essas informações, o número de desaparecidos cai para 20 pessoas - 11 funcionários e 9 moradores da região. 

Ainda segundo  o governo, o número oficial de óbitos relacionados à tragédia passa para cinco. Três corpos aguardam identificação. 

Doentes. Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informou que está distribuindo medicamentos e insumos para a população, além de vacinas para quem teve lesões. Não há mais pacientes internados no Hospital João 23. Dos seis que estavam lá, três tiveram alta e três foram transferidos para o Hospital Monsenhor Horta e para a Santa Casa de Ouro Preto.

Mais conteúdo sobre:
MarianaMinas GeraisSamarco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.