Corpo de oficial da PM é achado em canavial em SP

O corpo do capitão da reserva da Polícia Militar Walfrides Willians Custódio, de 66 anos, que estava desaparecido desde sexta-feira, 15, foi encontrado no fim da tarde de domingo, 17, em um canavial no quilômetro 104 da Rodovia Castelo Branco, em Porto Feliz, região de Sorocaba. De acordo com a Polícia Civil, o oficial tinha vários ferimentos na cabeça produzidos por objetos contundentes. O corpo estava em processo de decomposição.O capitão morava num condomínio de chácaras na zona rural do município. Ele estava aposentado havia 15 anos. Sua mulher, que mora em São Paulo, falava com ele diariamente, mas perdeu o contato na última sexta-feira. No sábado de manhã, decidiu ir à chácara e encontrou o local aberto, com o televisor ligado. Documentos e objetos pessoais de Custódio estavam sobre uma mesa. Nada tinha sido roubado, mas havia um pé-de-cabra próximo da porta de entrada. A mulher procurou a Polícia.As buscas começaram no mesmo dia. Uma denúncia anônima ajudou os policiais a encontrar o corpo. A suspeita é de que o policial tenha sido seqüestrado e morto. A entrada do condomínio é controlada, mas não há câmeras de vigilância. A polícia trabalha com a hipótese de vingança. Vizinhos e pessoas que estiveram no condomínio começam a ser ouvidos na terça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.