Corpo de preso é achado em esgoto de complexo policial na BA

Segundo os policiais da unidade de Barreiras, homem era considerado agressivo pelos colegas de carceragem

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2009 | 16h37

O corpo de Marivaldo dos Santos Oliveira, de 24 anos, foi encontrado por policiais dentro da caixa de esgoto do Complexo Policial de Barreiras (BA), a 898 quilômetros a oeste de Salvador, no fim da tarde de segunda-feira. De acordo com informações da delegacia do município, Oliveira estava detido desde a semana passada, por roubo. Foi a terceira prisão de Oliveira na cidade.

 

Os policiais afirmam que ele costumava ser violento com os colegas de carceragem. Ele teria sido espancado até a morte, mas os agentes da unidade disseram não ter notado nenhuma movimentação diferente nos últimos dias. O crime está sendo investigado pela Secretaria da Segurança Pública. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal de Barreiras.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciapresídioprisãoBABarreiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.