Corpo de professor desaparecido é encontrado em canavial

A Polícia Militar de Boituva, na região de Sorocaba, localizou em um canavial, na zona rural do município, o corpo do professor Jorge Kióscia Filho, de 53 anos, que estava desaparecido desde a quinta-feira da semana passada. O corpo foi encontrado no início da noite de ontem e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba. Parentes identificaram a vítima.Segundo os policiais, o professor foi executado com um tiro na cabeça. O carro dele foi achado no mesmo canavial no domingo de manhã. Os irmãos José Adriano Silva Marcelino e Cristiano Silva Marcelino foram presos, acusados do crime. Segundo a polícia, eles confessaram ter matado o professor para roubar R$ 70,00. Um terceiro suspeito, que seria menor de idade, está foragido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.