Corpo de turista taiwanês é encontrado no Rio Negro

Foi encontrado no fim da tarde desta quarta-feira, 17, o corpo do turista de Taiwan Shih Yen Pen, de 26 anos, que desapareceu nas águas do Rio Negro, que banha Manaus, num passeio de barco na tarde do último domingo. Shin Yen estava acompanhado de outros seis turistas e do guia Fabiano Jaime Oliveira.O barco naufragou durante uma forte chuva e apenas Shin Yen não consegui nadar por cerca de 45 minutos até a margem por estar com roupas muito pesadas, segundo relato de sua namorada norte-americana Sarah Rice Cassidy, de 24 anos. Nesta quarta, Sarah chegou a pagar R$ 7 mil para alugar um helicóptero para auxiliar as buscas feitas pela Marinha.Segundo o comandante do 9º Distrito Naval, Almirante Gerson Ravanelli, o corpo foi encontrado por um barco da Marinha a cerca de 35 quilômetros do local do acidente, em uma praia conhecida como Tupé.De acordo com Ravanelli, foram abertas investigações sobre as causas do acidente. Mas, segundo a assessoria da Marinha, informações preliminares indicam que o barco era clandestino e não havia coletes salva-vidas e que o seu condutor, em vez de abrigar o barco durante a tempestade, insistiu em prosseguir o passeio com os turistas sob o temporal.Os depoimentos iniciaram nesta quarta, com o condutor da embarcação, Fabiano e o gerente do Hotel Verdinho, que promoveu o passeio fluvial. Os turistas também serão ouvidos.A Marinha alerta aos turistas na Amazônia que denunciem irregularidades em embarcações, tais como excesso de passageiros e falta de coletes salva-vidas, pelo telefone 0800-280 7200, que funciona 24 horas, com ligação gratuita. O telefone também é para avisar acidentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.