Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Corpo do artista plástico Jorge Selarón é enterrado no Rio de Janeiro

Selarón foi encontrado carbonizado nos degraus da escadaria de Santa Teresa

Fábio Grellet,

16 de janeiro de 2013 | 18h33

RIO - O corpo do artista plástico chileno Jorge Selarón, encontrado morto no último dia 10 na Lapa, no centro do Rio, foi enterrado às 14 horas desta quarta-feira no cemitério São João Batista, em Botafogo.

Selarón ficou famoso ao recobrir com azulejos de várias partes do mundo a escadaria que liga a Lapa a Santa Teresa, numa obra que começou em 1990 e que ele considerava infindável.

Selarón foi encontrado carbonizado nos degraus da escadaria, perto de onde morava. A polícia ainda investiga o caso, mas acredita em suicídio. As despesas do funeral foram pagas pela Prefeitura do Rio. O corpo de Selarón ainda será cremado, quando chegar ao Rio uma autorização enviada pelo irmão do artista, que mora no Chile.

Mais conteúdo sobre:
Jorge Selarón

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.