Corpo do jornalista Reali Júnior é cremado

Ao som da gravação de uma de suas transmissões "diretamente das margens do Sena, na Maison de la Radio", o corpo do jornalista Reali Júnior foi cremado ontem, às 16h30, no cemitério de Vila Alpina, em São Paulo.

, O Estado de S.Paulo

11 Abril 2011 | 00h00

Elpídio Reali Júnior morreu sábado em sua casa na capital paulista, vítima de um enfarte. Ele tinha 71 anos. Nascido em Bauru, Reali foi correspondente do Estado e da rádio Jovem Pan em Paris durante 38 anos. Começou a trabalhar aos 16 anos na então Rádio Panamericana. Passou pela sucursal paulista dos jornais cariocas Correio da Manhã e O Globo e escreveu para os Diários Associados, sem nunca deixar a Jovem Pan. Na madrugada de 1.º de abril de 1964, estava ao lado do governador Ademar de Barros no Palácio dos Campos Elísios.

Suspeito de ser comunista pelo regime militar, o que ele sempre negou, Reali entrou na mira da repressão e por isso achou melhor ir para o exterior. Viajou para Paris em 1972 e, no ano seguinte, foi contratado pelo Estado.

Numa época de telecomunicações precárias, Reali sempre procurava descrever e analisar os acontecimentos da França e de outros países com os olhos de um repórter brasileiro. Cobriu a Revolução dos Cravos em Portugal (1974), a queda do franquismo na Espanha (1975) e a ascensão de Lech Walesa na Polônia (1980). Fez entrevistas exclusivas com os presidentes Giscard d"Estaing, François Mitterrand e Jacques Chirac. Em seu apartamento, às margens do Sena, costumava receber intelectuais e políticos brasileiros de passagem pela França.

Em 2009, já aposentado do Estado, Reali submeteu-se a um transplante de fígado. Depois, enfrentou outros problemas de saúde. Casado com Amélia há 50 anos, Reali deixa quatro filhas: Luciana, Adriana, Cristiana e Mariana.

Ontem, colegas, empresários e políticos prestaram a última homenagem a Reali Júnior, um dos jornalistas mais respeitados de sua geração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.