Corpo é encontrado em construção de prédio

O corpo do guardador de carros Joel Gomes de Oliveira, de 23 anos, foi encontrado pela manhã num prédio em construção, no centro de Ribeirão Preto. A suspeita inicial é de que ele tenha caído do nono andar. A polícia investiga se a queda foi acidental ou provocada, se Oliveira cometeu suicídio ou se estava sob efeito de drogas. Foi encontrada uma caderneta de Oliveira, com um bilhete citando o seu arrependimento pelo envolvimento com drogas. Ele já teve passagens pela polícia. O delegado José Gonçalves Neto diz que aguardará o resultado do laudo do legista para continuar as investigações. O prédio era da Encol e estava parado há anos. A construção foi retomada, há cerca de três meses, pelos proprietários dos apartamentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.