Corpo é encontrado em parede de viaduto em Porto Alegre

Delegado acredita que corpo já estava no local há mais de duas semanas; vítima seria um flanelinha

Ítalo Reis, do estadao.com.br,

30 Outubro 2008 | 15h47

Um corpo foi encontrado dentro de uma parede embaixo do Viaduto Açorianos, no centro de Porto Alegre, na manhã desta quinta-feira, 30. Segundo o delegado Augusto Cavalheiro Neto, responsável pela 1ª Delegacia de Polícia, o corpo já estava em estado de decomposição. "Calculamos que ele estivesse no local há mais de duas semanas", disse.   Segundo o delegado, o corpo é de um homem com cerca de 21 anos e que seria flanelinha na região central da capital gaúcha. De acordo com Neto, o corpo foi reconhecido por um morador de rua, mas deverá passar por perícia para ter a identidade confirmada.   "Trabalhamos com a hipótese de que ele era um morador de rua ou um usuário de drogas que fugiu de casa. Segundo testemunhas, ele costumava perambular pelo centro", afirmou o delegado.   A delegacia também aguarda o laudo para saber se o homem foi vítima de homicídio. "Não tinha nenhuma marca (de tiro ou outro ferimento) visível. Mas se for assassinato, o caso será encaminhado para a Delegacia de Homicídios do Deic". O corpo foi encaminhado para o Instituo Médico Legal (IML) da cidade.

Mais conteúdo sobre:
crime flanelinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.