Corpo encontrado na Espanha pode ser de jovem brasileiro desaparecido

O universitário Victor da Silva, de 19 anos, sumiu após uma festa de Ano Novo; familiares aguardam resultado da autópsia

EFE

30 de abril de 2014 | 15h42

A polícia espanhola tenta descobrir se o cadáver encontrado nesta terça-feira, 29, em uma estrada da província de Zaragoza, no centro-este do País, pode ser do brasileiro Victor da Silva, de 19 anos, desaparecido na véspera do Ano Novo.

O corpo foi levado ao Instituto de Medicina Legal para a autópsia, cujo resultado será comparado com o DNA registrado na base de dados de pessoas desaparecidas, conforme informou a polícia.

Ainda não foi confirmado se o corpo encontrado "em avançado estado de decomposição" é do universitário brasileiro. Entretanto, a família disse que a polícia já antecipou nesta terça que se trata do jovem. O advogado da família espera os resultados da autópsia para confirmação.

O cadáver foi encontrado por uma mulher nas imediações de uma estrada na localidade de Cogullada, de acordo com a polícia.

Caso. O jovem desapareceu há quatro meses depois de participar de uma festa de Ano Novo. Desde o desaparecimento do jovem, a polícia espanhola o buscou nos arredores de Cogullada e nas imediações de sua casa, assim como nos rios Gállego e Ebro, na cidade de Zaragoza.

Participaram das buscas os agentes da Polícia Nacional, do grupo de homicídios, além de bombeiros. Também foram realizadas buscas organizadas por familiares e amigos por meio das redes sociais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.