Corpo pode ser um dos meninos emasculados do Maranhão

Peritos do IML (Instituto Médico Legal) de São Luís confirmaram hoje que a ossada encontrada no povoado da São Braz dos Macacos, no interior do Maranhão, é do menor Jonathan Silva Vieira, 15 anos, que desapareceu no último dia 6 de dezembro do ano passado, da capital São Luís. A confirmação foi feita através da comparação de uma radiografia do menor, que coincidiu com cicatrizes da ossada. Jonathan éuma das vítimas do caso dos meninos emasculados, que a Polícia Civil do Maranhão investiga desde o ano passado. Até agora,a polícia investiga mais de 20 processos envolvendo menores no Estado. A vítima saiu de casa, no dia do seu desaparecimento, com o mecânico Francisco das Chagas Rodrigues Brito, que está presohá 45 dias, acusado de mutilar o pênis do menor. Segundo o superintendente da Polícia Civil de São Luís, Sebastião Uchoa, após o laudo do IML, o envolvimento de Chagas com os menores emasculados está sendo "reinvestigado". A polícia também suspeita que ele tenha envolvimento com outros 21 casos ocorridos no Maranhão, desde 1991, além das vítimas de Altamira, no Pará.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2004 | 17h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.