Corpos de jovens desaparecidos são encontrados no Rio

Moradores da favela da Rocinha dizem ter encontrado, na tarde de domingo, 6, dois corpos na mata que leva ao Vidigal. Eles seriam dos jovens Nilton Cesar da Silva de Oliveira e Johny Anselmo Nascimento, ambos de 19 anos, moradores da Rocinha. Segundo familiares, os dois desapareceram na madrugada de domingo, quando um tiroteio entre traficantes deixou outras duas pessoas mortas no Morro do Vidigal. O conflito, de acordo com a Polícia Militar, foi provocado por um desentendimento entre bandidos da mesma quadrilha. Mas moradores disseram que o Vidigal, dominado por traficantes oriundos da Rocinha (da facção Amigo dos Amigos), sofreu um ataque de criminosos de um grupo rival (Comando Vermelho), vindos da Mangueira. O pai de Johny, Marcelo Generoso da Silva, afirma ter encontrado os cadáveres no meio da mata, num local de difícil acesso. Ele disse que o rapaz era ambulante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.