Corregedor da Câmara ouve versão de Kamia

Acusado de omitir da declaração de bens um imóvel de R$ 1,9 milhão, o vereador Ushitaro Kamia (DEM) foi ouvido ontem pelo relator da Corregedoria da Câmara, Milton Leite. Kamia alegou que a casa na zona norte de SP sempre lhe pertenceu e que a deu como garantia de empréstimo por um tempo. Sem falar em punição, Leite disse que uma advertência já atrapalha planos políticos do vereador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.