Cortador de cana morre queimado em canavial no noroeste de SP

O cortador de cana-de-açúcar, Daniel Pereira dos Santos, 39 anos, morreu após ser atingido pelas chamas de uma queimada no canavial da usina Unialco, de Guararapes, na região Noroeste do Estado de São Paulo, na tarde deste sábado, 23. Santos estava dentro do canavial e não teve tempo de fugir do fogo, ateado pela usina para facilitar a colheita que será feita nesta segunda-feira, 24. Funcionários da usina disseram à polícia que costumam avisar todos os trabalhadores antes de atear fogo, mas não viram Santos no canavial, que fica na fazenda Ibiporã, ao lado da usina. O corpo de Santos foi encontrado carbonizado no início da noite quando os trabalhadores checavam a área queimada. A Polícia Civil vai investigar as causas do acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.