Costa diz que não quer forçar Patrus a ser vice

MINAS

, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2010 | 00h00

O pré-candidato ao governo de Minas Hélio Costa (PMDB) disse ontem que não pretende "forçar" o ex-ministro Patrus Ananias (PT) a compor sua chapa. Segundo Costa, há "uma fila" de políticos interessados em ser seu vice. "Não quero certamente ficar forçando o ministro, mas o convite foi feito oficialmente. Ele deve analisar a proposta e, se Deus quiser, vai aceitar", disse Costa, em São Paulo, onde esteve para o lançamento de seu livro Lembranças de um Tempo Fantástico. O candidato do PMDB negou divergências com o PT em Minas. "A executiva estadual do PT se reuniu em Minas e por unanimidade aprovou a aliança", argumentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.