Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Costureira morre baleada em favela em São Paulo

A costureira Kelly Tatiane Gonzaga foi morta com três tiros - dois na cabeça e outro no ombro -, por volta das 21h da quarta-feira, na Favela do Pó, na zona norte de São Paulo. Kelly vendia roupas e fazia serviços de corte e costura para aquela comunidade. A costureira foi surpreendida por dois homens em uma moto, que se aproximaram da vítima e abriram fogo, não dando chances de fuga. Ainda não há informações sobre os motivos do crime.Kelly foi levada com vida ao pronto-socorro da Vila Penteado, mas não resistiu aos ferimentos. O caso foi registrado no 45º Distrito Policial, de Vila Brasilândia. Testemunhas não conseguiram identificar os assassinos pois a dupla usava capacetes no momento do crime.

Agencia Estado,

08 de julho de 2004 | 06h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.