CPFL prevê economia de 0,9% com horário de verão

A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) prevê uma economia de energia de 0,9% nos 105 dias de vigor do horário de verão, que começa à zero hora do próximo domingo.A economia deve chegar a 61.538 MWh nos 234 municípios onde a CPFL atua, o suficiente para abastecer uma cidade como Ribeirão Preto por 18 dias.A CPFL diz que a alteração do horário proporciona o melhor aproveitamento da luz natural, já que os dias ficam ´mais longos´. A companhia também informa que há um deslocamento da curva de carga para fora do horário de pico habitual, aliviando o carregamento dos sistemas de transmissão e distribuição de eletricidade.

Agencia Estado,

01 de novembro de 2002 | 16h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.