Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

CPI da Pedofilia autoriza quebra de sigilo de 23 páginas de site

Também foi aprovado pedido de informações sobre usuários denunciados de pedofilia a outros provedores

da Redação, estadao.com.br

26 de junho de 2008 | 19h54

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia aprovou nesta quinta-feira, 26, a quebra de sigilo de 23 páginas com o registro de acesso de usuários e conteúdo mantidas pelo provedor Universo On Line (UOL). Os dados cadastrais e de identificação dos usuários dessas páginas também devem ser enviados à CPI.  Veja também:Polícia acredita que professor integre quadrilha de pedófilosCPI da Pedofilia pode entrar com ação penal contra o Google Nesta mesma reunião, ficou decidido que informações de denúncias feitas em 2008 pela organização SaferNet sobre a existência de material de conteúdo pedófilo em álbuns do Orkut, site de relacionamento do Google, devem ser passadas à CPI. Os senadores aprovaram também pedido de informações sobre usuários identificados em denúncia de pedofilia a outras empresas provedoras de internet como Brasil Telecom e NET. Elas terão cinco dias úteis para fornecer as informações solicitadas. (Com Agência Senado)

Tudo o que sabemos sobre:
CPI da PedofiliaSenadoUol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.