CPI do Apagão Aéreo quer explicações de Marta Suplicy

Deputados querem que ministra do Turismo se desculpe por declaração polêmica

Agencia Estado

15 de junho de 2007 | 02h51

O deputado Vic Pires Franco (DEM-PA) apresentou na manhã desta quinta-feira, 14, na CPI do Apagão Aéreo da Câmara requerimento de convocação da ministra do Turismo, Marta Suplicy, mas o documento para a convocação da ministra à CPI deve ser votado só semana que vemNa quarta-feira, 13, a ministra recomendou que os brasileiros que enfrentam a crise aérea devem relaxar e gozar. "O que ela disse foi um desrespeito", afirmou o deputado. Ele disse, em tom de ironia, que quer que a ministra compareça à CPI para explicar que medidas ela está adotando para que recomende esse comportamento.As declarações da ministra geraram polêmica na sessão desta quinta da CPI da Câmara. O deputado Wanderlei Macris (PSDB-SP) defendeu que a comissão faça uma manifestação de repúdio à declaração da ministra.Contrário à idéia, o deputado petista, Carlos Zaratini (SP) reagiu e afirmou que "não é o caso de fazer luta política. A ministra já se desculpou publicamente. Ao contrário do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que chamou os aposentados de vagabundos e nunca se desculpou".Na manhã desta quinta, a CPI do Apagão Aéreo ouve o depoimento do ex-presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), Fernando Perrone.

Tudo o que sabemos sobre:
Apagão Aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.