CPTM apreendeu mais de 117 mil produtos clandestinos

As equipes de segurança da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) apreenderam 117.423 produtos vendidos por ambulantes no interior dos trens e nas estações, durante todo o mês de julho. Todas as mercadorias apreendidas foram encaminhadas para a Regional da Sé, na capital paulista, onde o vendedor terá um prazo de 30 dias para recuperá-las mediante apresentação de nota fiscal e pagamento de multa de R$ 285,00, valor que será dobrado em caso de reincidência. Produtos "pirateados", como CDs e pilhas, são levados para o Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.