Cratera de três metros interdita pista de rodovia no Paraná

Trecho afundou quando caminhão passou e outro veículo caiu no buraco; trânsito está livre apenas num sentido

Solange Spigliatti, Central de Notícias

29 de setembro de 2009 | 13h24

A rodovia BR-476, no Paraná, continuava parcialmente interditada por volta das 13 horas, após a formação de uma cratera durante a madrugada desta terça-feira, 29, na região de São Mateus do Sul.

 

Veja também:

linkChuvas afetam 25 municípios no PR, diz Defesa Civil

linkChuva prejudica o abastecimento de água para 8 cidades do PR

 

O buraco se formou por volta das 2 horas, quando um caminhão passou pelo trecho do km 204, provocando o afundamento da pista. Outro caminhão que seguia atrás acabou caindo na cratera, de três metros de diâmetro e três de profundidade, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

 

O veículo já foi retirado do local pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER) mas a rodovia continuava com apenas uma pista liberada ao tráfego. O motorista do primeiro caminhão ficou levemente ferido. Apesar do bloqueio, não houve congestionamento.

 

Na divisa com Santa Catarina, a BR-376 também apresenta trecho interditado parcialmente, na altura do km 675, por conta de uma manutenção preventiva contra queda de barreiras, segundo a PRF.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.