Cratera engole motos e mata 3 irmãos

Eles atravessavam ponte em estrada do interior de Goiás quando bueiro se rompeu; bombeiros buscam mais vítimas

Rubens Santos, O Estadao de S.Paulo

16 de fevereiro de 2008 | 00h00

Três irmãos morreram tragados por uma cratera após a queda de uma ponte de concreto sobre o Córrego Santo Antonio, em Aparecida de Goiânia (GO). A ponte ligava os bairros Morada dos Pássaros e Parque das Nações e o acidente ocorreu à 1h30 de ontem. No momento em que os três irmãos atravessavam a ponte em duas motos, um bueiro se rompeu e eles foram engolidos por um buraco de 15 metros de diâmetro e 10 metros de profundidade que se formou. O bueiro se localizava numa avenida próxima à ponte. Os bombeiros procuravam, na noite de ontem, por novas vítimas porque duas outras motos também foram resgatadas no local. "Acreditamos que outras pessoas foram tragadas pelo buraco", disse o capitão-bombeiro Marcelo de Oliveira. Os corpos de Marcelo Rodrigues da Silva, de 21 anos, Antônio Rodrigues da Silva, de 41, e Fernando Rodrigues da Silva, de 27, foram localizados e resgatados ontem à tarde pelo Corpo de Bombeiros de Goiás. "As chuvas provocaram as fortes enxurradas que arrastaram os irmãos", disse o capitão. Ele explicou que os bombeiros foram acionados por um casal , que conseguiu escapar a nado da enxurrada e do buraco. Os corpos dos três irmãos foram localizados a um quilômetro da cratera.Segundo técnicos da prefeitrua, a cratera foi aberta devido ao rompimento de uma tubulação que não suportou a força da água do córrego.A chuva forte começou a cair por volta da meia-noite e provocou alagamentos em várias ruas de Aparecida de Goiânia e outras cidades vizinhas. Cerca de 40 pessoas ficaram desalojadas. ACIDENTESUm acidente matou cinco passageiros de um ônibus de turismo em Iraí (RS), na madrugada de ontem. Outras 35 pessoas ficaram feridas. Ontem, seis ainda estavam internadas. O ônibus bateu de frente com um caminhão.Três pessoas continuavam internadas em Olímpia (SP) vítimas do acidente que envolveu três veículos e deixou 40 feridos na Rodovia Armando de Sales Oliveira (SP-322). Duas pessoas correm risco de vida.O acidente envolveu um ônibus que levava trabalhadores rurais, uma ambulância e um caminhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.