Crea-RJ cria comissão especial para avaliar causas de desabamento no centro

Grupo, formado por especialistas da entidade, terá técnicos de universidades e outras instituições

estadão.com.br,

16 Fevereiro 2012 | 22h13

SÃO PAULO - O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) criou uma comissão para avaliar as causas que provocaram o desabamento do Edifício Liberdade, no centro da cidade, em 25 de janeiro. Ao menos 17 corpos foram resgatados pelos bombeiros.

A medida atende o pedido feito pela Câmara Especializada de Engenharia Civil e visa elaborar sugestões que evitem novas tragédias. O grupo, formado por especialistas da entidade, convidou técnicos de universidades e outras instituições para contribuir com a análise das informações.

O síndico do prédio, Paulo Renha, prestou depoimento durante uma hora, nesta quarta-feira, 16, na Comissão de Análise e Prevenção de Acidentes (Capa) da entidade. Ele declarou que havia solicitado, em janeiro, dados sobre as obras que estavam sendo realizadas pela empresa TO Tecnologia Organizacional, mas que o prédio desabou antes do recebimento da resposta. O síndico acrescentou que os primeiros andares do prédio já estavam com o vão livre, sem pilares centrais.

Mais conteúdo sobre:
Crea-RJdesabamentoLiberdade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.