Creche é atacada no sul de Santa Catarina

Desde sexta-feira, foram registradas 60 ocorrências em 26 cidades do Estado; 34 suspeitos foram detidos

Tomás Petersen, Especial para O Estado

03 Outubro 2014 | 15h22

FLORIANÓPOLIS - Uma creche foi atacada na madrugada desta sexta-feira, 3, em Araranguá, no sul de Santa Catarina. Durante a madrugada, por volta da 1h, um homem passou pelo local e arremessou um coquetel molotov por uma janela, mas o explosivo não pegou fogo. A PM fez buscas pela região do bairro Coloninha, mas não conseguiu prender ninguém. 

No último balanço divulgado pela Polícia Militar no final da manhã, desde sexta-feira foram registradas 60 ocorrências em 26 cidades. Dentre elas, ônibus queimados, atentados a tiros contra residências de policiais e bases da polícia e ataques contra prédios públicos. Apreensões de materiais suspeitos também são contabilizadas nas ocorrências. Ao todo, 34 suspeitos foram presos, três foram mortos em confronto e um agente penitenciário aposentado foi assassinado. 

Mais conteúdo sobre:
Santa Catarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.