Criança de dois anos é morta durante assalto em Minas Gerais

Menino estava na cadeirinha de carro e foi atingido por bala no abdômen; pai ficou ferido

Bruno Marques, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

16 Junho 2013 | 16h42

BELO HORIZONTE - Um violento crime na tarde desse sábado, 15, chocou e comoveu as pessoas em Contagem, MG. Um menino de dois anos foi morto com um tiro durante uma tentativa de assalto. O pai, Sandro Magno Cotta, de 47 anos, que também foi baleado, continua hospitalizado, mas não corre risco de morrer.

O assaltante abordou o pai da criança enquanto ele chegava de carro, um Honda Civic, na garagem de sua residência e pediu para ele entregar o automóvel. Sandro teria pedido para tirar o filho da cadeirinha que estava no banco de trás, mas o criminoso, descrito como um homem negro, que vestia uma camisa do Clube Atlético Mineiro, segundo informações da Polícia Militar, fez três disparos.

Um dos tiros atravessou o ombro de Sandro e atingiu a criança no abdômen, que não resistiu ao ferimento e acabou morrendo. Pai e filho chegaram a ser socorridos por vizinhos e encaminhados ao hospital mais próximo. A polícia ainda não tem pistas sobre o suspeito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.